Volvo desenvolve seis caminhões autônomos

A Volvo Trucks assinou um acordo histórico com a Bronnoy Kalk AS, uma das mais importantes mineradoras da Noruega. Os modelos vão transportar calcário de uma mina a céu aberto até um porto nas proximidades. Segundo o acordo, o cliente contrata um serviço de transporte e paga por tonelada entregue. A empresa ainda afirmou que testes bem sucedidos já foram realizados com os modelos e que um serviço totalmente operacional estará disponível até o final de 2019.

Para a Volvo, essa é uma oportunidade de atrair novos clientes, removendo os custos iniciais da compra de caminhões, juntamente com os custos associados à contratação de motoristas e à manutenção dos veículos. “Estamos desenvolvendo soluções com o nível de automação adequado à necessidade específica de cada cliente. No Brasil, já há caminhões Volvo com tecnologia autônoma na colheita de cana-de-açúcar. Agora, com esta nova inciativa na Noruega, na aplicação de mineração, a Volvo vai aos poucos tornando a tecnologia de caminhões autônomos uma realidade comercial. O objetivo inicial é dar apoio aos motoristas em operações repetitivas, cansativas ou de risco, em áreas confinadas, sem trânsito aberto de outros veículos ou pedestres”, afirma Alan Holzmann, diretor de planejamento de produto da Volvo Trucks na América Latina.

Volvo aposta em caminhõs autônomos para lapidar ainda mais a sua tecnologia. Foto: Divulgação

Os serviços de transporte autônomo podem se tornar uma fonte significativa de dinheiro para a empresa, além de ser uma oportunidade da empresa testar seus caminhões autônomos em ambientes confinados e previsíveis, à medida que lapida ainda mais a sua tecnologia. Os sistemas de direção autônoma dependem muito dos dados que obtêm nos teste – suas tecnologias usam esses dados para melhorar os resultados. Isso significa que é imprescindível que a tecnologia da Volvo seja testada em diferentes estradas, em diversas condições e confrontada com diferentes cenários. Caso contrário, na hora do uso real, o veículo pode não responder a certas situações inesperadas.

Com isso, esse acordos, que colocam os caminhões da Volvo de fato na ativa, podem ajudar até mesmo a empresa a tornar-se líder do mercado, que ainda não deslanchou totalmente.

Segundo a ResearchAndMarkets, estima-se que o mercado mundial de caminhões autônomos seja avaliado em US$ 1 bilhão até 2020.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo: