LandmarketingMadiaMM

Sono!

0

Acredito, a essas alturas do jogo e da vida, que nenhum empresário, profissional e até mesmo os jovens estudantes tenham a menor dúvida sobre a importância do sono.

Cada um de nós, algumas vezes na vida, já deve ter se dado conta de como é difícil enfrentar-se o dia seguinte diante de uma noite mal dormida. Arrasta-se o dia todo. E, atenção, reparem, perdemos a noção da distância e terminamos o dia com alguns arranhões, no mínimo.

Arianna Huffington, a legendária jornalista e empresária que criou e vendeu o The Huffington Post por quase meio bilhão de dólares, andava num ritmo frenético até o dia que se levantou a noite, sonolenta, e se arrebentou na porta do armário do quarto.

Depois de dias hospitalizada decidiu mudar sua vida radicalmente e escreveu um livro e iniciou o movimento Thrive – florescer, crescer, prosperar…

Semanas atrás, o professor Matthew Walker, psicólogo e neurocientista, apresentou uma série de pesquisas onde relaciona as decorrências comprovadas do se dormir pouco, e mal. Diz: Matthew, “muitas pessoas têm a mania de brincar dizendo, “vou deixar para dormir quando morrer, aí terei todo o tempo para…”. Confesso que já fiz essa brincadeira algumas vezes. Está na hora de parar com essa brincadeira sem nenhuma graça e com graves consequências. “Dormir pouco e mal está se convertendo numa das mais graves epidemias silenciosas do século, um dos maiores problemas de saúde pública…”.

E a partir daí foi relacionando as descobertas de sua pesquisa…

– Homens que dormem apenas cinco horas por dia têm testículos significativamente menores do que quem dorme sete ou mais horas…
O nível de testosterona dos que dormem menos corresponde a de homens 10 anos mais velhos.
– Nos últimos 10 anos aprendemos que você precisa dormir depois de aprender aquele botão de salvar e não esquecer suas memórias.
– Aprendemos também que o cérebro é uma esponja seca próxima a ficar molhada de conhecimento.

“Sem dormir, o circuito de memória do cérebro fica molhado o tempo todo e não consegue absorver nada novo”.
– Durante os estágios de sono mais profundo ondas cerebrais grandes e poderosas acontecem e funcionam como a transferência de arquivos de uma espécie de memória de curta duração para memória de longa duração.
– Assim, e a partir de 2018, começamos a concluir que a piora na qualidade do sono na medida em que vamos envelhecendo pode estar contribuindo para a perda acelerada da memória e antecipando o aparecimento do Alzheimer…

E Recomenda, evitar álcool e café a noite; procurar sempre dormir num ambiente entre 16 a 18 graus de temperatura; dormir em quarto totalmente escuro; tablets e celulares na cama nem pensar…

Agora a Bola, Ou um sono de qualidade, Está Conosco. Seguirmos no desatino, ou, nos emendarmos.

Espero que você reveja seus hábitos ontem. Precisamos e contamos muito com você. Face aos meus compromissos com os assinantes da plataforma de mentoring em negócios, Perennials, eu me levanto todos os dias às 4 horas. E desde que assumi esse compromisso tento estar na cama, e se possível dormindo, até às 22 horas.

Nas primeiras semanas foi uma dificuldade muito grande. Hoje, adaptado, consigo em 4 de cada 5 noites.

Sim é possível adquirir novos e bons hábitos. E por falar em dormir, deixo com vocês uma dúvida que nos intriga aqui no MMM, e já que o assunto é dormir, se você é daqueles que compra colchão uma vez por ano, mês ou semana.

Essa é a sensação que temos quando nos deparamos com uma quantidade gigantesca de lojas grandes e que vendem colchão espalhadas em diferentes cantos da cidade de São Paulo. Um mistério…

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Execution assina nova campanha da Super Candida

Post anterior

Serasa Limpa Nome fecha o carnaval limpando ruas do bloco de Daniela Mercury

Próximo post