CriatividadeTendência

Personagens da Turma da Mônica viram máscara para incentivar crianças a se protegerem

0

As máscaras se tornaram item obrigatório na batalha contra o coronavírus. Crianças a partir de 2 anos também devem usar e o Instituto Alpargatas, em parceria com a Mauricio de Sousa Produções, resolveu dar uma ajudinha para incentivar o uso do item de proteção. Em uma ação em escolas municipais de cidades de Pernambuco e da Paraíba, promoverá a doação de kits com três máscaras de tecido com ilustrações das bocas dos icônicos e famosos personagens Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali, totalizando 150 mil unidades, acompanhadas de sandálias da marca Dupé Turma da Mônica. A iniciativa foi criada pela agência Vela CC.

A ação tem o objetivo de incentivar de maneira lúdica e divertida o uso das máscaras entre as crianças das comunidades mais vulneráveis da região. Serão beneficiadas 24 mil famílias e 50 mil crianças. Para atender tamanha demanda, algumas fábricas da Alpargatas foram adaptadas para produzir máscaras, item que não faz parte do portfólio da empresa.

O Instituto Alpargatas, braço de responsabilidade social da Alpargatas, tem como missão contribuir para a melhoria da qualidade da educação de crianças, adolescentes e jovens por meio do esporte e da cultura nas comunidades onde a empresa atua. Durante a pandemia, o Instituto tem coordenado as ações da empresa e suas marcas para apoiar a sociedade no combate ao coronavírus.

“Por meio do Instituto Alpargatas, estamos promovendo diversas ações para beneficiar tanto profissionais da área de saúde quanto as comunidades mais vulneráveis em todo o país. Mantemos os olhos atentos principalmente em regiões próximas a onde atuamos, para contribuir da melhor maneira possível”, explica Roberto Funari, presidente da Alpargatas. A empresa já realizou ações que beneficiaram a comunidade em mais de R$ 40 milhões, incluindo a doação de 1,3 milhão de máscaras cirúrgicas e de mais de 2 milhões de máscaras de tecido.

Parceiros da ação, a Mauricio de Sousa Produções considera que o acesso à informação e aos itens básicos de proteção são muito importantes no combate à covid-19. “A presença dos personagens tão queridos por todos pode ser um incentivo para que os pequenos aceitem com mais tranquilidade usar a máscara e incentivem que sua família também a utilize”, destaca Mônica Sousa, diretora-executiva da empresa.

Mauricio de Sousa afirma que “fazer com que crianças consigam passar por esse momento difícil está sendo um desafio. As máscaras levam os sorrisos de nossa turminha para essas crianças se protegerem e brincarem ao mesmo tempo.”

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo:

WhatsApp enfim vai ganhar figurinhas animadas

Post anterior

O Boticário apresenta nova linha Nativa SPA Matcha

Próximo post