“Para todos os garotos que já amei” faz ações do Yakult subirem nos EUA

Se você assistiu ao filme “Para todos os garotos que já amei”, da Netflix, além de se apaixonar por Lara Jean e Peter Kavinsky, com certeza percebeu um dos detalhes que ajudaram Peter a amolecer o coração da protagonista confusa: o “smoothie de iogurte coreano” que ele experimenta em uma das cenas e que o faz atravessar a cidade para comprar, já que Lara Jean e a irmã adoram a bebida.

Venda de Yakult aumenta nos EUA graças ao filme da Netflix. Foto: Repdorução/Netflix

Mesmo sem citar o nome da bebida, os espectadores perceberam a garrafinha que tinha uma tampa vermelha de alumínio, a mesma do leite fermentado Yakult. Após a aparição na cena, a marca foi parar nos trendings das redes sociais e, por tabela, as ações da companhia subiram cerca de 2,6%. O mais interessante é que não foi proposital.

Ações da Yakult aumentam graças a “Para Todos os Garotos que Já Amei”. Foto: Divulgação/Netflix

Se o filme fosse brasileiro, talvez não aconteceria nada. Mas acontece que o Yakult não é tão famoso nos EUA como no Brasil. Como muitos americanos não conheciam os clássicos lactobacilos vivos, a marca bombou no Twitter desde o lançamento do filme, em agosto.

O Yakult passava por momentos de retração no cenário internacional. Após a queda de 6% de suas ações na bolsa americana, o ar de instabilidade teria a possibilidade de crescer. Mas, desde a estreia do longa, cresceram 2,6%. A responsável pela análise é a TickerTags, uma empresa de pesquisa que estuda a relação entre as mídias sociais e o desempenho de uma empresa.

“Devido aos crescentes níveis de conversação, acreditamos que a Yakult está alcançando uma maior conscientização da marca, o que provavelmente resultará em maior volume de vendas”, disse Mark Bachman, diretor da TickerTags. Uma boa oportunidade para os americanos conhecerem a empresa, que vende de bebidas lácteas a produtos de beleza para mais de 33 países.

 

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo: