Cultura

Lollapalooza adia edições no Brasil, Chile e Argentina por conta do coronavírus

0

Seguindo os cancelamentos mundiais de grandes eventos causados pela pandemia global de coronavírus, o Lollapalooza anunciou que vai adiar a realização das edições do festival no Brasil, Chile e Argentina. Por aqui, o evento aconteceria nos próximos dias 03, 04 e 05 de abril.

De acordo com a Time4Fun, responsável pela organização do festival no Brasil, as novas datas para o festival são 04, 05 e 06 de dezembro de 2020. Os headliners seguem os mesmos – Guns N’ Roses, The Strokes e Travis Scott.

Todos os ingressos comprados para as datas originais serão validos nas datas remarcadas. Porém, quem desejar o reembolso poderá pedi-lo. As informações sobre a política de reembolso dos ingressos ainda serão detalhadas pela organização.

View this post on Instagram

Seguindo as medidas preventivas recomendadas pelo Ministério da Saúde, O Lollapalooza Brasil será realizado de 4 a 6 de dezembro de 2020. A saúde e a segurança de nossos fãs, artistas, funcionários, parceiros e comunidades são a nossa prioridade. Nossos headliners Guns N’ Roses, The Strokes e Travis Scott estão confirmados para as três datas remarcadas. Iremos fornecer uma atualização sobre o line-up completo o mais rápido possível. Todos os ingressos comprados para as datas originais serão validos nas datas remarcadas. Informações mais detalhadas serão enviadas a todos os titulares de ingressos e também estarão disponíveis em breve no site do Lollapalooza Brasil, inclusive sobre a política de reembolsos dos ingressos caso não possa comparecer às novas datas.

A post shared by Lollapalooza Brasil (@lollapaloozabr) on

A edição brasileira do Lollapalooza foi a que mais demorou para anunciar um posicionamento oficial sobre o adiamento do evento. Chile e Argentina informaram na quinta-feira, 12/03, já adiantando também as novas datas de suas edições (novembro).

O Lolla não é o primeiro grande festival de música a ser afetado pela atual pandemia do coronavírus. Tomorrowland Winter (França), Ultra Music Festival (Estados Unidos) e Coachella (Estados Unidos) foram alguns dos festivais que também adiaram a sua realização. O SXSW, anualmente realizado em Austin e que mistura música, tecnologia e inovação, confirmou o seu cancelamento na semana passada. E a maior feira de games do mundo, E3, anunciou ontem que o evento presencial não vai mais acontecer em junho, sendo substituído por uma experiência online para apresentar as novidades do setor.

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Diário de um Consultor de Empresas – 14, 15 e 16/03

Post anterior

Diário de um Consultor de Empresas – 17/03/2020

Próximo post