MarketingMídia

Instituto Ibagen lança filme contra o preconceito

0

Promover ações que estimulem a qualidade de vida dos portadores de genodermatoses e uma melhor compreensão sobre as doenças da pele são alguns dos objetivos deste filme, patrocinado pelo Instituto Gol e produzido pela YourMama (divulgação)

O Instituto Brasileiro de Apoio aos Portadores de Genodermatoses (Ibagen), associação sem fins lucrativos fundada em 2013, foi criado por empreendedores sociais com a finalidade de combater o preconceito e elevar a qualidade de vida dos portadores da doença. Agora, em parceria com o Instituto Gol, a instituição lança um filme inspirado em fatos reais que visa combater o preconceito às pessoas com doenças de pele.

De acordo com os idealizadores, a produção se configura como importante ferramenta para a conscientização sobre as doenças genéticas com manifestações cutâneas, como ictiose, epidermólise bolhosa, xeroderma pigmentoso e displasia ectodérmica, enfermidades não contagiosas para as quais não há cura. O filme, com produção pro-bono da YourMama, é uma realização do Ibagen com patrocínio do Instituto Gol, tem direção de Guilherme Festa, a criação do projeto é de João Victor Sant’Anna e conta com  apoio do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP.

A dermatologista e fotógrafa Régia Patriota, que esteve à frente da exposição “Além da Pele – a beleza da alma e da família” é uma das idealizadoras do filme. A especialista, que tem destacada atuação na área, participa de ações na busca do combate à discriminação e reflexões em relação ao desconforto e à rejeição da qual são vítimas os portadores de doenças de pele, mesmo estas não sendo contagiosas.

Toda criança, quando nasce, explora seu próprio universo antes de conhecer a vida como ela é. Tudo vira brincadeira, afinal milhares de caminhos se abrem pra quem faz da imaginação a sua maior energia. Mas, uma hora ou outra, a realidade aparece e as barreiras crescem mais que algumas oportunidades. Quando crescemos, passamos a reparar nos detalhes e com os detalhes surgem os preconceitos. O isolamento físico, emocional e psíquico das pessoas portadoras de genodermatoses é a pior herança que você pode deixar caso não procure informação adequada antes de julgar”. Larissa Mazieiro – locução do vídeo.

“Além da Pele” from Gui Festa on Vimeo.

Banana com Laranja?

Post anterior

Fãs grelham hambúrguer na lava de um vulcão em ação do Burger King

Próximo post