LandmarketingMadiaMM

Hoje vamos falar sobre DHL. L de Lucidez

0

Frank Appel é o presidente mundial de uma das maiores empresas de logística de todo o mundo, a DHL. 500 mil funcionários, em 220 países, 60 bilhões de euros de faturamento.

Alemão, Frank preside o grupo, com sucesso, há mais de 10 anos. No ano passado visitou o Brasil e concedeu algumas entrevistas. A que mais chamou nossa atenção foi a concedida à revista Exame e por duas respostas que deu.

A primeira, falando, sobre os riscos das pessoas que trabalham nas empresas serem gradativamente substituídas pela inteligência artificial e por máquinas. Frank respondeu: “Definitivamente, não. Existe o mito de que a digitalização, por exemplo, destrói empregos. É um disparate. Não sou economista, mas entendo que existem apenas duas maneiras de se gerar crescimento econômico. Uma é ter mais gente fazendo o mesmo trabalho. Outra é ter a mesma quantidade de pessoas realizando mais trabalho. Isso chama-se produtividade. Com a tecnologia, nosso setor, por exemplo, vai ter mais produtividade, que resultará em crescimento econômico, e, consequentemente, mais empregos. Desde a revolução industrial o mundo nunca teve tantos empregos. O que a automação faz é liberar trabalhadores de tarefas repetitivas e permitir que produzam mais em trabalhos mais relevantes…”.

E a outra pergunta que chamou nossa atenção foi quando justificou permanecer por tanto tempo na liderança da DHL. Disse, “Um líder não é como um técnico de futebol, que tem 90 minutos para ganhar o jogo. É preciso evoluir, continuamente. Hoje, na DHL, estamos implementando a estratégia de 2025. Um dos pontos dessa estratégia é justamente investir 2 bilhões de euros em digitalização. Pensar no longo prazo atende a uma das 3 necessidades básicas dos seres humanos.

Primeiro, queremos alguém para amar e formar uma família.
Segundo, queremos ser relevantes para o mundo.
Terceiro, e por fim, queremos ter sempre a expectativa que amanhã será melhor do que hoje.

Para que possamos acenar e corresponder a essa expectativa trabalhamos com planos de seis anos. Assim, todos sabem, no devido tempo, onde pretendemos chegar, e qual é o papel de cada um na jornada…”.

É isso amigos. Muito legal e relevante a manifestação de Frank Appel. Uma reflexão que sempre deveríamos fazer em nossas empresas, e em torno das 3 necessidades dos seres humanos, segundo Frank.

Alguém para amar e formar uma família,
Sermos relevantes para o mundo,
E, a certeza e confiança que o amanhã será melhor que hoje.

Frank Appel é CEO da Deutsche Post desde 18 de fevereiro de 2008.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Diário de um Consultor de Empresas – 19/08/2020

Post anterior

A Enxurrada dos bonzinhos… Será?

Próximo post