Google Pay passa a aceitar compras no cartão de débito

Com essa opção, é possível comprar na internet sem ter que pagar com boletos ou cartões de crédito

Na última segunda-feira, o Google anunciou a expansão dos cartões aceitos no aplicativo de pagamentos Google Pay. Agora, o usuário poderá escolher, no momento do pagamento de uma compra on-line, se quer pagar no débito ou no crédito.

O Google aposta em um processo de adesão simples para atrair mais lojas e aplicativos. De acordo com João Felix, líder de operações do Google Pay na América Latina, o Brasil é um mercado prioritário para o Google, que vê no país parte da estratégia de alcançar o próximo 1 bilhão de usuários.

Além do crédito, poderão ser cadastrados na carteira digital do Google cartões de débito e múltiplos. O Google Pay está disponível para quem possui dispositivos Android e será aceita em sites e aplicativos parceiros, como Rappi, Grin, iFood, Evino, CittaMobi, Zona Azul Digital, Claro e Ingresso.com.

Dados apresentados por Felix mostram que das 110 milhões de pessoas que têm conta bancária no Brasil, apenas 50 milhões têm acesso a cartão múltiplo, com funções débito e crédito. Os outros 60 milhões de bancarizados contam apenas com cartão de débito. “É uma solução focada nessas pessoas, para simplificar a experiência de compra no débito”, disse.

No ponto de vista de segurança, o Google informou que os estabelecimentos não recebem as informações da conta do cliente. “Assim como todas as transações tokenizadas no Google Pay, quando o usuário escolhe pagar com débito no Brasil, o número do seu cartão não é compartilhado com o varejista. Em vez disso, o Google Pay envia um número de conta virtual para representar as informações da sua conta e, assim, os detalhes reais do cartão ficam seguros”, explica Felipe Cunha, líder de parcerias do Google Pay para a América Latina.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo: