CotidianoEventosIniciativa

Ford promove a II Semana de Diversidade e Inclusão no Brasil

0

A Ford promove a II Semana de Diversidade e Inclusão, de 20 a 24 de julho, com palestras virtuais abertas ao público para debater importantes pautas como racismo, equidade de gênero e as dificuldades enfrentadas pela comunidade LGBTI+ e pessoas com deficiência. Haverá 150 vagas disponíveis por palestra e as inscrições poderão ser feitas de 15 a 17 de julho pelo LinkedIn da Ford. As atividades fazem parte da 1ª Semana de Diversidade e Inclusão Global, promovida pela Ford em todos os países em que a marca está presente com fábricas e escritórios.

Como elementos fundamentais da cultura da empresa, a diversidade e a inclusão são representadas no Brasil por cinco Grupos de Afinidade: Equidade de Gênero; Pessoas com Deficiência; Raça; LGBTI+; e Gerações. Criados a partir de pesquisas e indicadores internos sobre a realidade local, esses grupos são formados por cerca de 100 funcionários e suas discussões ajudam a definir as ações da área de Recursos Humanos.

“Vivemos um momento sem precedentes e é fundamental estarmos juntos com as nossas equipes para estimular debates importantes. O intuito da Ford com a II Semana de Diversidade é fomentar discussões, que ganham ainda mais força ao envolver a sociedade, para criarmos e aprendermos de forma coletiva e, assim, construirmos este novo mundo”, afirma Salim Khouri, Head de Talent da Ford LATAM.

Confira a programação completa abaixo:

20 de julho, 16h00

  • Spartakus Santiago: YouTuber, publicitário, apresentador do Canal Futura e colunista do GNT e da Mídia Ninja, vai abordar a diversidade dentro da Comunidade LGBTI+.

21 de julho, 11h00

  • Terezinha Guilhermina: paratleta olímpica vitoriosa, compartilhará sua história de luta, desafios e vitórias para estimular a reflexão sobre o papel de cada um como aliados das pessoas com deficiência.

23 de julho, 15h00

  • Ismael dos Anjos: Jornalista, mestre em fotografia documental e coordenador do projeto “O Silêncio dos Homens”, falará sobre masculinidades e o papel dos homens na luta pela equidade de gênero.

24 de julho, 15h00

  • Rita Batista: No Dia da Mulher Negra, a jornalista baiana falará sobre o espaço das mulheres negras no Brasil, racismo e sororidade.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Com prosseguimento da pandemia, CCXP confirma edição online para dezembro de 2020

Post anterior

Digi amplia espaço para liderança feminina na área de tecnologia

Próximo post