Criatividade

Dia das Mães: WhatsApp lança campanha retratando conexão de mãe e filha durante quarentena

0

O WhatsApp lança, nesta quarta-feira, a segunda fase da campanha “Fica só entre vocês”, com um filme especial para o Dia das Mães. O objetivo é celebrar o modo como as pessoas estão usando o app para se manterem conectadas com amigos e familiares durante o isolamento social imposto pela pandemia de covid-19. O primeiro filme, intitulado “Raio de Sol”, foi gravado em condições especiais e será lançado primeiro no Brasil.

Criado pela AlmapBBDO, o filme exalta a conexão que o WhatsApp possibilita entre as pessoas retratando um pequeno ritual entre mãe e filha, que todos os dias compartilham imagens dos raios de sol de suas respectivas casas. A história ganha mais relevância por ser veiculada às vésperas de um Dia das Mães inusitado, quando a celebração com proximidade física não será possível para muitas pessoas. Assista acima.

“Desde o primeiro filme buscamos retratar, da forma mais sensível e significativa possível, o modo como o WhatsApp ajuda as pessoas a se manterem conectadas de forma pessoal e privada, compartilhando desde grandes momentos até pequenas coisas do dia a dia. Essa campanha retrata o momento que todos nós estamos vivendo, mas com um olhar positivo, destacando pequenos detalhes e sutilezas das nossas rotinas em quarentena que aquecem o coração”, comenta Taciana Lopes, líder de Consumer Marketing do Facebook Brasil. “Grande parte dos brasileiros se comunica pelo WhatsApp todos os dias e, agora mais do que nunca, manter essa conexão segura, privada e pessoal é essencial”.

As atrizes que participam do filme residem na mesma casa que membros da produção – a diretora realizou as filmagens com a própria mãe, enquanto a filha foi filmada pelo diretor de fotografia do filme – e toda a coordenação da produção foi realizada via WhatsApp, contemplando as recomendações de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS). A pós-produção também foi realizada de forma colaborativa, à distância.

“Além de ser uma história real, este roteiro nasceu com uma premissa: o que daria para filmar nestes tempos sem parecer um filme caseiro”, comenta o diretor de criação da AlmapBBDO, Pedro Corbett. “Pensamos apenas em histórias que envolvessem pessoas sozinhas em suas casas. E que não dependessem de muita produção. Apenas do que já estivesse ali, tudo para que o filme fosse o mais verdadeiro possível. Apesar da produção não ser grandiosa, a qualidade foi a melhor possível. É curioso como nos momentos mais difíceis é quando podem surgir as melhores soluções.”

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Heineken mostra a realidade dos encontros virtuais

Post anterior

Veja faz “blitz” com doação de desinfetantes para entregadores da Rappi

Próximo post