Releases

Case de Sustentabilidade da Vale é exemplo de sucesso

1

Com forte atuação na área, a segunda maior mineradora do mundo apoia e incentiva ações de empresas que buscam o título sustentável

A Vale, segunda maior mineradora do mundo, com atuação também nos setores de logística, siderurgia e energia, apoia e incentiva ações que promovam os avanços na área da Sustentabilidade Corporativa. Isso porque atua de maneira eficaz em busca pelo equilíbrio entre o desenvolvimento socioeconômico e o uso sustentável dos recursos naturais.

Apesar dos impactos inerentes ao tipo de operação que realiza, a Vale, por meio da definição das diretrizes e requisitos para gestão da Biodiversidade, fortalece o compromisso da empresa com a conservação das espécies e dos ecossistemas e com o uso sustentável dos recursos naturais. Ela busca uma atuação transparente e compatível com as boas práticas reconhecidas internacionalmente, visando alcançar padrões de excelência para integração da Biodiversidade às operações.

Por isso, pelo segundo ano consecutivo, está apoiando o Prêmio IBEF de Sustentabilidade, criado pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF), que irá certificar e premiar cases de empresas e organizações na área de sustentabilidade. O projeto foi desenvolvido para orientar a atuação das empresas nos diversos aspectos que envolvem o tema, tais como: a responsabilidade ambiental, justiça social, viabilidade econômica, gestão, conflitos, governança e estrutura da operação.

A Vale e a Biodiversidade

A Vale desenvolve programas para conservação da Biodiversidade em diversas regiões do Brasil e em outros países. Como parte de seu compromisso com a vida, além de apoiar e desenvolver projetos em parceria com instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais, a Vale protege quase 13,7 mil km2 de habitats naturais, especialmente no Brasil, os quais incluem áreas de propriedade da empresa e unidades de conservação protegidas em parceria com os governos locais.

Entre as áreas protegidas de propriedade da empresa, destacam-se 12 reservas localizadas no Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais, que totalizam aproximadamente 70km2 de área destinada à conservação da Biodiversidade. Além destas áreas, há projetos de criação de outras cinco unidades e duas propostas de expansão de reservas já criadas, abarcando mais 50km2 de áreas protegidas na região. Em 2011, em parceria com a Conservação Internacional – Brasil, foi desenvolvido um Plano para Gestão Integrada de todas as unidades. O objetivo principal do trabalho foi desenvolver uma estratégia para gestão ambiental integrada das áreas protegidas da empresa, visando maximizar as sinergias entre elas e sua interação com o entorno, potencializando sua contribuição para a conservação da Biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos.

Outra área protegida de propriedade da Vale que merece destaque é a Reserva Natural Vale, localizada em Linhares, no norte do Espírito Santo. Com mais de 220km2, esta reserva representa a segunda maior área protegida do Espírito Santo e um dos principais remanescente de Mata Atlântica de Tabuleiro do país, a formação mais ameaçada deste bioma. As atividades de proteção da área foram iniciadas de forma sistematizada em 1978 e permanecem desde então, abrangendo ações de combate e controle de incêndios e combate à caça e coleta de representantes da flora e fauna locais. A Reserva é contígua à Reserva Biológica de Sooretama (cerca de 240km2), compondo um bloco praticamente contínuo de vegetação nativa que representa aproximadamente 10% da área remanescente de cobertura florestal original no estado. Esta área é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e recebe apoio da Vale no desenvolvimento das atividades de proteção desde 1998.

Essas ações demonstram que a iniciativa privada pode atuar como protagonista e parceira na proteção de áreas naturais, geração de conhecimento e conservação in situ dos elementos que compõem a diversidade biológica. E, ao atuar em linhas de trabalho complementares, além de contribuir para a conservação da Biodiversidade, a Vale incentiva o desenvolvimento sustentável de diferentes regiões, colaborando para a construção de um legado positivo.

Sobre o Prêmio IBEF de Sustentabilidade

Criado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF), o “Prêmio IBEF de Sustentabilidade” foi desenvolvido para orientar a atuação das empresas nos diversos aspectos que envolvem o tema, tais como: a responsabilidade ambiental, justiça social, viabilidade econômica, gestão, conflitos, governança e estrutura da operação. O direcionamento estratégico foi baseado no livro “Avaliação de Investimentos Sustentáveis”, de autoria de Marcos Rechtman (Diretor do IBEF) e Carlos Eduardo Frickmann. Os autores, por meio de pesquisas, estudos e orientações de profissionais da área, estabeleceram conceitos de direção e gestão empresarial, – a Metodologia do Pentágono em Sustentabilidade – caracterizando e disseminando a responsabilidade sócio-ambiental como paradigma complementar a performance econômico-financeira.

Após avaliação dos cases inscritos por empresas e organizações, o IBEF certifica os que obtiveram o grau de excelência atestado pela banca examinadora. Entre os certificados, cinco receberão o Prêmio IBEF de Sustentabilidade, um em cada categoria: Estrutura da Operação, Administração de Conflitos, Governança Corporativa, Gestão e Valorização.

Informações à imprensa:

Mara Iglesias

Makina de Escrever – Assessoria de Imprensa

Tel. 11.2478-7124 / 7550.9905

comunicacao@ibefrio.org.br

www.ibefrio.org.br

Jogo de empurra – a questão da qualidade da telefonia no Brasil

Post anterior

@ Ressureição

Próximo post