Camila Pitanga estrela campanha no Quênia para MOB

Com uma coleção que remete a cultura africana, a marca realça a beleza e força da mulher real

Fotografar em lugares paradisíacos e levar uma experiência diferenciada para suas clientes é uma característica marcante da MOB. Para o verão 2020 a marca de moda feminina escolheu o Quênia para ilustrar a campanha que vem cheia de personalidade e realça a força e beleza da mulher real. O parque mais famoso do país africano, Reserva Masai Mara, será o cenário do verão da MOB, trazendo um destino cheio de encantos naturais e peculiaridades.

Abrilhantando a escolha do cenário, a MOB inova mais uma vez ao eleger uma atriz, a global Camila Pitanga, como estrela da campanha. Conectada com suas raízes, Camila traz ao editorial a essência de uma mulher autêntica, forte, repleta de conteúdo, sem rótulos, que não precisa e não quer estar dentro de nenhum padrão preestabelecido. “A MOB é uma marca feita para mulheres de verdade, que são assim: donas de si. Como nosso foco era levar este mote para nossa campanha, não imaginamos outra mulher. A Camila naturalmente traduz e representa essa força e beleza tão marcantes”, explica Marcelo Dib, CEO da marca.

Para capturar toda esta essência de conexão e verdade entre o destino e a estrela da campanha, completam o time de profissionais renomados: Tavinho Costa, fotógrafo e diretor de moda, Felipe Veloso, stylist responsável pela imagem de diversas grifes, e Lavoisier, beauty artist que cuida da beleza de nomes como Marina Ruy Barbosa, Giovanna Ewbank, entre outras. Confira abaixo o making off da campanha com Camila Pitanga:

Para Pamela Mariano, Diretora de Branding da MOB, o desejo latente a cada temporada é apresentar as coleções em cenários que contem histórias reais e ofereçam experiências. “Para a temporada de verão o norte estético da marca é sensorial: tecidos naturais ganham destaque, estampas tribais e animal prints são chaves e se conectam com muita harmonia aos tons terrosos da cartela de cores. Essa linha criativa pedia um destino intenso e significativo como o continente africano. Há algumas coleções já fotografamos na África do Sul e sentimos vontade de vivenciar uma faceta africana mais próxima ao primitivo e inóspito, como o Quênia proporciona” explica ela.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo: