Black Friday: 80% dos brasileiros planejam comprar via aplicativos

Durante este período de compras, os brasileiros têm como principais fatores de decisão as lojas que oferecem frete grátis, vendas via aplicativos e códigos promocionais

A Black Friday tem ganhado relevância no Brasil, tornando-se a data sazonal mais importante do comércio eletrônico. Um estudo feito pela  Salesforce indica que 80% dos brasileiros planejam fazer compras via aplicativos durante a Black Friday deste ano e a mesma tendência deve ser repetir no Natal deste ano. O estudo também afirma que 68% devem comprar mais em Marketplaces.

No caso dos aplicativos, as empresas terão que ter cuidado redobrado e precisarão preparar seus aplicativos e sua infraestrutura para a alta demanda durante a Black Friday. Um exemplo de teste envolve a realização de promoções especiais antes do evento. Outro ponto é que os consumidores preferem os aplicativos com layouts mais simples e com informações claras para facilitar sua navegação.

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) em outubro mostrou que o setor de comércio eletrônico brasileiro espera faturar R$ 3,45 bilhões durante a Black Friday e as categorias de produtos mais procurados incluem informática, celulares, eletrônicos, moda e acessórios, casa e decoração. De acordo com a entidade, esse valor é 18% superior ao movimentado na mesma data do ano passado.

Já os resultados da pesquisa de Intenção de Compra da consultoria Ebit/Nielsen mostraram que 88% dos participantes da pesquisa pretendem fazer compras via e-commerce durante a Black Friday. Segundo a consultoria, muito se discute sobre o quanto as vendas da Black Friday impactam de maneira negativa as vendas do Natal. Em 2019, 44% dos entrevistados afirmaram que o evento nos dias 28 e 29 de novembro servirá para garantir produtos de Natal, uma alta de 3 pontos percentuais em relação a 2018, principalmente devido à proximidade de ambas as datas.

 

 

Quer receber nossa Newsletter? Preencha o formulário abaixo: