* Por Eduardo Zugaib

Na tentativa de conquistar eleitores, muitos candidatos estão tentando marcar presença nas redes sociais digitais. Para não fazer feio na rede e conquistar, no mínimo, o respeito do eleitor internauta, vale atentar para algumas dicas:

1. SEJA AUTÊNTICO – Se você começou a se manifestar em alguma rede apenas agora, já começou errado. Sua presença nas redes digitais deve refletir quem você é, não apenas a sua intenção de ser eleito. O pensamento “caiu na rede, é peixe” funciona em marchinha de Carnaval, não no Facebook, Twitter, etc.

2. SEJA EMPÁTICO – Em perfis e sites, abra espaço para a discussão de propostas. Estimule as pessoas a falarem e ouça-as com sinceridade. Construa sua plataforma de forma colaborativa com eleitores e lideranças das Redes. Convença positivamente, com foco em problemas reais. “Mudar o mundo” é digno, porém subjetivo demais. A mudança do mundo começa com atitudes e projetos concretos.

3. SEJA RELEVANTE – Santinho virtual? Esqueça. Atualize seu perfil com a imagem de campanha, mas não caia na tentação de “panfletar virtualmente”, apostando no efeito Pavlov. Se você não sabe quem foi Pavlov, estude um pouco mais: candidato sem conteúdo conquista menos o eleitor, especialmente o ativo em Redes.

4. SEJA CORDIAL – Eleição é uma disputa de forças e, nas Redes, você será testado, por opositores ou não, a “perder a cabeça”. Autocontrole, bom-humor e respeito à diversidade de ideias são mais eficientes do que deboche, bate-boca e difamação. Não é porque existem ideias diferentes das suas, que elas são ideias erradas.

5. FOLCLORE É DIFERENTE NA TV E NA REDE – Uma imagem muito caricata pode até gerar, via TV, inúmeros pseudovotos de protesto. Mas, nas Redes, ela pode se transformar apenas em mais um meme. Não sabe o que é Meme? Estude mais a internet. Depois, de aprender quem foi Pavlov, é claro.

6. COMPREENDA MARKETING – Marketing não é enganação ou fumaça nos olhos. Marketing eleitoral conjuga quatro fatores: “Você”, seu “Valor e Risco”, sua “Comunicação” e a sua “Entrega”, sendo esse último a sua capacidade de cumprir o prometido após eleito, ponto de partida do produto chamado “Você” para uma reeleição. Melhore a percepção destes fatores e o alinhamento de sua equipe eleitoral investindo mais em Treinamento e Desenvolvimento.

*EDUARDO ZUGAIB é escritor, profissional de comunicação e marketing, professor de pós-graduação, palestrante motivacional e comportamental. Ministra treinamentos nas áreas de Desenvolvimento Humano e Performance Organizacional. www.eduardozugaib.com.br

Agência +PLUS Comunicação

Jornalista Responsável – Danielle Keslarek – MTB 65284

(55 11) 2378-5604 ou 9537-5604

danielle@pluscomunicacao.com.br

Comentário

Comentário