ritaa

Mesmo há quatro anos morando nos Estados Unidos, ainda me surpreendo quando vejo uma marca exposta em rede nacional como vi Colgate essa semana, em um programa matinal de TV. Durante vários dos 30 minutos que permaneci na esteira da academia, a marca de produtos de higiene bucal ficou escrita na legenda do programa. Apresentadores e convidados falavam sobre um grande festival de saúde bucal que aconteceu aqui em New York e comentavam sobre a ação da Colgate com um famoso jogador de baseball dos Estados Unidos, o CC Sabathia – presente no palco -, sem poupar exposição positiva à marca. Fiquei pensando em quantas vezes isso aconteceria no Brasil, onde patrocinadores são borrados nas camisetas e bonés de atletas, imagens espelhadas para deixar as marcas escritas de traz pra frente, e por aí vai.

Aqui a exposição de marcas que realmente fizeram algo relevante é comum e natural. Ou, pelo menos parece. O que estimula ainda mais os patrocínios, apoios e a atuação social das marcas.

No caso da Colgate, a ação com Sabathia é o desdobramento de um trabalho que eles já realizam, com o nome que usei no título desse artigo: Colgate Bright Smiles, bright futures. Usando uma van, entre outras ações (saiba mais aqui), a marca de produtos para higiene bucal visita escolas públicas de New York e arredores para ajudar professores nessa difícil missão de criar hábitos saudáveis de escovação. Além de profissionais, voluntários também participam do programa.

Preciso dizer que aqui, pelo menos na experiência que tive até agora, crianças não são estimuladas a escovar os dentes depois de todas as refeições. Minha filha frequenta uma escolinha três dias por semana, por meio período, e mesmo assim mando o kit escovinha e creme dental, lembrando-a todos os dias de escovar. Às vezes ainda tenho que explicar que não é porque nenhum de seus amiguinhos escova que vamos abrir mão de um hábito importante para a saúde, e por aí vai. Até que tem sido fácil com ela, que atualmente me encontra sorrindo e mostrando os dentinhos que acabou de escovar, toda orgulhosa.

Mais fácil do que convencer os veículos brasileiros de massa de que marcas que de fato realizam boas ações e patrocínios importantes merecem seu lugar ao sol, ou melhor, aos holofotes editoriais, e não apenas nos espaços comerciais.

News

 

 

Quer receber nossa newsletter? Preencha o formulário abaixo:

Comentário

Comentário

Rita Durigan
Rita Elisa Durigan é jornalista especializada em comunicação e mora em NY.